Arquivo da categoria: Personalidade

Bordeline: um jeito intenso de ser.

Intensidade no jeito de ser e viver. Quem não gostaria de viver intensamente as paixões, arranjar com facilidade novos amores, colecionar melhores amigos,  viver alegrias contagiantes, seduzir, ser o centro das atenções e desfrutar brilhantemente de seus talentos? Não seria uma má idéia, se a intensidade fosse apenas característica das emoções positivas, dos pontos fortes e do lado bom da vida. O problema surge perante as  variações da vida, sendo quase impossível lidar com as adversidades, principalmente com as experiências  que envolvem frustração, critica, rejeição, desaprovação,  perdas e abandono, mesmo que seja algo imaginário ou percebido de forma distorcida da realidade. Há um excesso em tudo que o que é dito e feito , sendo exagerada a maneira de pensar, sentir e agir.

Todos nós reagimos com afetos negativos perante as situações aversivas, porém quando as reações são freqüentes, intensas e desproporcionais, estamos falando de um tipo específico de personalidade chamada Bordeline, caracterizada por instabilidade nas emoções,  relações, nos afetos, humor, auto-imagem e na própria identidade.  O jeito bordeline de ser é marcado pelas seguintes características:

  • Temperamento explosivo
  • Raiva , impulsividade  e descontrole emocional.
  • Instabilidade de humor
  • Ciúme incontrolável
  • Condutas autodestrutivas
  • Dependência afetiva m
  • Medo intenso da rejeição e possibilidade do abandono,
  • Reação exagerada aos términos de relacionamento
  • Sentimentos de vazio e insatisfação crônica.

Nos momentos em baixa,  a pessoa experimenta sentimentos de vazio existencial  através das idéias de que a vida é tediosa e sem graça. Comportamentos de risco, automutilação e ideação suicida também são características da personalidade bordeline.  Geralmente são pessoas descritas por suas relações mais intimas, como instáveis e difíceis de conviver. A instabilidade nas relações afetivas é uma das principais características que leva a pessoa a sentir um enorme vazio dentro de si que nada e ninguém é capaz de preencher.  Literalmente são pessoas que vivem no limite das emoções. O excesso de sentimentos faz com que a percepção da realidade seja exagerada, seja em situações que gerem emoções positivas ou negativas. O racional perde espaço para a hemorragia emocional , sendo bastante difícil a possibilidade de aceitar e lidar positivamente com as frustrações e perdas.  Como a vida é uma variável, não sendo possível apenas viver o lado bom, é bastante grande a oscilação do humor, afetos e emoções , resultando na instabilidade da personalidade. Em seus descontroles afetivos, a pessoa pode reagir com ataques de raiva, acessos de fúria , intensa reatividade emocional e impulsividade descabida.

Apesar da facilidade em fazer novas amizades e conquistar novos amores, os relacionamentos são sempre intensos e sofridos, não sendo mantidos por muito tempo. A procura por relações substitutas é uma constante, pois  a pessoa não consegue viver sozinha, necessitando o tempo todo de parceiros amorosos para se sentir completa, exigindo atenção, provas de amor e amparo incessantemente. Neste caso é possível observar a tendência à dependência afetiva e ao apego excessivo em relação ao outro.

É importante o cuidado antes de identificar e diagnosticar uma pessoa com personalidade bordeline, pois algumas características são bastante comuns a outros tipos de personalidade. Algumas pessoas podem apresentar algumas características  bordeline e não ser um border, até porque existem outros diagnósticos como, por exemplo, a Bipolaridade e o TDAH, que apresentam características semelhantes ao funcionamento desta personalidade.   O que caracteriza de fato o transtorno de personalidade bordeline é a presença da maioria das características  bem como o padrão de freqüência e intensidade.